Levando gato por lebre

Ai ai...Quanto mais eu rezo, mais assombração me aparece.
Sábado eu não estava no mínimo clima de assistir aula, então, recrutei uma amiga e fomos passear. No fim, era melhor ter ficado na aula. Comprei sexo e levei igreja...


Eu e Aninha tomamos café, fomos à loja de tatoo, falamos muita besteira e concluímos que já estávamos de saco cheio. Então, o que fazer? Voltamos para a escola, onde encontramos com o Thiaguinho e a Julia, que se encontravam na mesma situação que nós. Mais uma vez lá íamos nós, acompanhados dos dois.


Na falta do que fazer, fomos a um sex-shop próximo. Chegando ao local, onde demos com a cara na porta, conhecemos uma figura muito engraçada. O porteiro do prédio onde fica localizada a loja, que começou a conversar conosco e a falar um monte de coisas que ninguém entendeu o motivo.
Como eu sou perseguida por assuntos de igreja (não que eu tenha algo contra, mas toda vez que eu estou em um lugar, aparece alguém falando de bíblia!!!), ficamos ali ouvindo e ouvindo aquela homilia infindável e sacal.


Desisti...Acabei falando que estávamos atrasados para a aula e demos no pé.
No fim aprendi a lição...Fui procurar sexo e tive a impressão de ter entrado em uma igreja. A culpa é de vocês, leitores, que movem o meu espírito a colaborar com o blog do Lê.


Enfim, descobrimos que a loja fecha às 15:00 aos sábados e, marcamos de ir lá após o almoço. Já sei que vamos ter que enfrentar outra missa sábado...Ninguém merece!!!!


Nenhum comentário:

Imagens de tema por sebastian-julian. Tecnologia do Blogger.