Como eu queria...


Hoje eu queria. Aliás, hoje eu precisava. Precisava encontrar um homem de verdade que me colocasse no colo e me fizesse dele. Um homem com h maiúsculo, que não foge da raia e sabe a hora certa de parar.que me servisse uma taça de vinho e conversasse sobre os mais variados assuntos. Ou até mesmo que não dissesse nada, mas que simplesmente estivesse ali.


Precisava, necessitava, desejava que um homem me deixasse tê-lo. Que me colocasse na cama e percorresse todo o meu corpo com beijos, mordidas e caricias. Que encontrasse no meu sexo a mais doce das frutas e nela se satisfizesse.


Que me deixasse fazer dele a minha fruta e deliciar-me em mordidas e lambidas bem dadas, envoltas em caricias e beijos profundos. Um homem que merecesse ser chupado da melhor forma que uma mulher pode fazer. Que merecesse gemidos ao pé do ouvido e gritos de sussurro. Que soubesse chamar de piranha com carinho, de vadia com respeito e de amor com safadeza.


Hoje eu queria trepar com amor. Queria chupar e ser chupada, gozar e fazer gozar. Queria derramar leite condensado em um corpo quente e tirá-lo com a boca, me concentrando nas áreas criticas e depois sentando devagar sobre ele. Sentando de costas, sentindo meus cabelos batendo nas minhas costas e suas mãos em minha cintura. Num ritmo calmo e suave, rebolar devagar, sentindo cada estocada com todas as partes do meu corpo, todos os meus sentidos, extravasando prazer por todos os meus poros e compartilhando isso com ele.

Fechando-me em meu mundo particular e com os olhos fechados, chegar no limite de prazer, olhando para trás e vendo aquele macho me pertencer. Por fim, deitar na cama e sentir que nada mais existe. Sentir-me completa, satisfeita e desejada.


Porém, nem sempre podemos ter tudo o que desejamos, né, Sexy?

Beijoselambiidas, Flux*

2 comentários:

Living alone disse...

se ainda quiser, sabe onde se encontra meu blog... :-D

belo post...


bjo

Tara Flux* disse...

Ah, querido, obrigada.
A necessidade faz com que escrevamos com beleza.
Obrigada pelo elogio e pela presença. Apareça sempre que puder.

Beijoselambiidas, Flux*

Imagens de tema por sebastian-julian. Tecnologia do Blogger.