E quando acaba o desejo?


Hoje eu olhei para o Aragorn (embora nós não tenhamos nada a mais do que uma linda amizade com mais cor do que o normal) e fiz um comentário um tanto despachado.

- Eu não desperto mais desejo em você.

- O que você está querendo dizer com isso?

- Que eu não vejo mais nenhum efeito ser causado em você pela minha pessoa.

- Ah, não é isso. Você sempre fica de mimimi meu trabalho, se alguém vir. Eu só respeito sua decisão.

Porra nenhuma. Já vi tudo, mas enfim...

O assunto hoje é esse mesmo. E quando se tem um relacionamento e percebemos que o nosso parceiro(a) já não nos olha como antigamente? Será que é ele mesmo ou é projeção da nossa insatisfação pessoal no outro?

Tá, isso pode ser causado por vários motivos, como desgaste da relação, quilinhos a mais (embora há quem diga que quem liga pra isso é mulher, homem não), baixa auto-estima de alguma das partes, o fato de ele ter outra e não te querer mais, o cara está com problemas no trabalho e anda meio desligado mesmo... ou apenas nóia de mulher. Ah, pode ser nóia de homem também, mas na maioria é de mulher.

Mas e aí, como rola isso?

As consumistas preocupadas em excesso com o visual correm pro shopping, compram váarias lingeries e roupas novas, fazem cabelo, limpeza de pele, unha, depilação... tudo pra chamar atenção. Chegam em casa parecendo uma arvore de natal e rezam para que todo aquele dinheiro tenha sido um investimento proveitoso.

As mais desesperadas futucam celular, e-mail, carteira, gavetas e todos os outros buracos onde seus parceiros guardam suas coisas à procura de provas que ele tenha outra. Lógico que elas fazem isso enquanto eles estão fora ou no banho, e quando eles chegam, fazem uma cena do tamanho da encenação da paixão de Cristo e o tiro acaba saindo pela culatra.

As relaxadas vão empurrando a situçao com a barriga, até não aguentarem mais e terminarem ou o cara ficar de saco cheio daquilo e realmente arrumar outra.

As mulheres de verdade chegam e perguntam aos seus parceiros se realmente há algum problema e, dependendo da resposta dele, tentam arrumar um solução plausível sem escandalos ou ceninhas.

Claro, que realmente o cara pode ter perdido o interesse pela mulher, pode ter outra, pode estar com problemas excessivos e estar com a cabeça cheia ou pode sentir que a mulher não está dando abertura para ele. Nem para sexo ou qualquer coisa do genero. Eu tenho um amigo que é casado e já ficou sete meses sem transar com a mulher. Tudo bem que no fim ele acabou arrumando uma amante bem mais nova que ele e indo pro motel com ela. Mas a pergunta é: de que adiantou? Tá, tudo bem que o cara tava com tesão NAQUELA mulher especifica e não foi só a falta de sexo que o levou a trair a mulher, mas fico me perguntando se talvez, caso a vida sexual dele em casa estivesse regularizada, se ele teria passado das punhetas pensando na amante (que até aí não era amante) para literalemente leva-la ao motel em plena luz do dia.

Eu acho o seguinte: todo mundo tem seus altos e baixos. De ambas as partes. Tanto o homem, quanto a mulher e isso é normal em todo tipo de relacionamento. Acho que seja é primordial para uma relação de casal dar certo, mas caso ele não esteja 100%, não quer dizer que vá necessariamente ser o fim de tudo. O problema é que a ausencia de sexo é apenas um sintoma de outros problemas mais agudos. Tem que chegar, conversar, descobrir a raiz da falta de atração. Se não tiver problema nenhum, só tiver caído na rotina, faça um tour pela sex-shops de sua cidade e incremente o sexo, melhorando a relação. Ou não precisa nem sair de casa, basta usar a imaginação. Se o problema não for sexual, procure outras formas de resolvê-lo, sem medos, sem vergonha, sem botar a culpa no outro e lembrando que as todo mundo tem problema. Agora, se não valer a pena o esforço ou se você também já estiver de saco cheio, arruma outro (a) e vai jogar pelada - com trocadilho- em outra seleção.



*Eu não ando me sentindo muito bem comigo ultimamente, então, se eu reclamar de alguma coisa, vocês já sabem o motivo.

Beijoselambiidas, Flux*

Nenhum comentário:

Imagens de tema por sebastian-julian. Tecnologia do Blogger.