Papo da Sexy - Saudades


A saudade dos últimos dias vinha gritando junto com o resto do meu corpo por causa dele. Mas, chegou enfim o domingo, dia de vê-lo, de ser sua novamente.



Veio me buscar e me levou ao lugar conhecido de sempre. Mesmo silênico, tirando os purificadores de ar, respirações ofegantes e tesão. Muito tesão.

Me puxou pra perto dele e começamos naquele beijo intenso. A cada momento mais. Mais mãos, mais beijos, mais respiração. Ele me pegou então pelos cabelos com vontade e me virou, me pondo de costas pra ele pra que o sentisse por completo ao mesmo tempo que me arrepiava beijando meu pescoço.

Seu pênis estava como sempre lindo e grande. A vontade de colocá-lo todo na boca gritava.





Me pegou no colo e sentamos no chão. Nesse momento já não sobrava nenhuma peça de roupa em mim e pra variar, o chupei com gosto. Senti o quanto ele queria isso. Adoro vê-lo vulnerável desse modo, com as pernas tremendo e o corpo cada vez querendo mais. Obedeci. O sentia pulsar na minha boca, inchado.

E então ele veio na direção certa buscando meu sexo. É impressionante a facilidade como ele acha e como eu fiquei muito mais molhada do que já me encontrava com aquele toque.

Penetração. Muito gostoso. Aquilo tudo só meu. Muito suor.

E então ele começa os dois ao mesmo tempo.. penetração e mão. A vontade de gritar e de me morder cada vez aumentava.

Queria gozar. Ele pediu, avisei e gozei.

Estranhamente o que me faz perder as forças aumentou ainda mais. Queria mais... Ele percebeu e não parou.

De quatro, então. A vontade dele de gozar a cada entrada aumentava. Me posicionei e engoli a metade.

Queria em pé, ele obedeceu. Excelente.



Não sabia o que era melhor: aquilo tudo dentro de mim ou sentí-lo com aquela vontade, com aquele tesão todo...

Sentamos de novo. Mais penetração. E quando seu pênis estava totalmente duro e inchado, fiz uma das coisas que mais gosto e ele gozou.

Se dependesse de mim, continuaria com aquilo a noite inteira, mas faltava as forças de ambos e tempo.

Fiquei impressionada como aconteceu desta vez. Foi simples, mas acho que com a saudade que estávamos sentindo me impressionou.





Prometo que não demorarei pra escrever novamente, é que agora a imaginação não depende mais só de mim...

Beijosemordidas, Sexy.

Um comentário:

Aleatorium - O Despertar da Primavera, Tirinhas, Adsense e Amiqueeenhos disse...

(...) merecem citação como a Dani, o Sena, o Mozart, o Ojuara, o Barney, a T. Flux, entre outros que sempre acrescentam (...)

Imagens de tema por sebastian-julian. Tecnologia do Blogger.