Wake up!

O telefone tocando aquela hora da madrugada só podia ser problema.
Meio sonolento,o vinho ajudando,atendi.
"Alô..."
Silêncio...
"Alô!"
Nada...
Subitamente,sua respiração a denunciou.
Elaine.
"Oi Elaine,aconteceu alguma coisa?"pergunto nervoso.
"Tô gozando de novoooo......"e a respiração pesada,forte,acompanhada de gemidos....
Uns 30 segundos depois,ela diz:
"Pronto...tava pensando em você e fiquei acesa,com vontade de sentir tua língua na minha,suas mãos percorrendo meu corpo,aquela chupada que você me deu ainda faz meu corpo se arrepiar..."
"Então,lembrou de quando eu te fiz gozar....muito bom...."
"Mas eu queria te ouvir...queria agora que gozassemos juntinhos,eu aqui e você aí,até matarmos as saudades no sábado...."
Então ela solta um gemido.
"Tô acariciando minha xerequinha lisinha que eu sei que você adora...brinca com seu pau,brinca?Adoro quando você bate com ele na minha cara...quando eu te olho com aquela cara de safada que te deixa louco...."
"Meu pau já tá duro...queria você aqui pra me chupar...queria que você colocasse ele todo na boca e me puxasse pela cintura..."
Começo devagarinho a brincar com meu pau,tentando equilibrar o telefone,enquanto com a outra mão,acaricio meu saco...
Ela do outro lado já gemendo,me deixando cada minuto mais e mais excitado.
Logo,ela avisa:
"EU VOU GOZAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAR"
E geme,arfa e recupera o ar...
"Goza pra mim,goza,seu puto,cachorro....goza pra tua puta,que te fode gostoso e quer te dar esse cuzinho...é apertadinho,mas eu sei que você fode gostoso...e vai dar um trato bem dado em mim"
Adoro elogios.
Não tarda e eu vou gozar.
Ela então me diz: "Só liguei pra te deixar assim,gostoso...com vontade de me comer ,como eu tô com vontade de te dar....agora vou deitar,já estou,por hora,realizada."
Do outro lado da linha,um sinal de TUUUUUUUUUUUUUU.
E eu ali,rindo de como ela pôde ser tão filha da puta a esse ponto.
| edit post
O que você achou?