Escrevo
Agora eu escrevo com uma taça de vinho na mão e a mente meio anuviada lembrando de como acordei ontem.
Sobressaltada, boca seca, respiração ofegante, coração batendo forte. Completamente excitada. Os bicos dos seios roçando no lençol, meu corpo desprovido de roupa. Apenas uma calcinha para nao me sentir incomodada.

Lembro-me que eu sonhava com ele. Com dias antes, numa certa sexta-feira onde deitada na cama, com ele ajoelhado à minha frente, mandava que eu chupasse cada parte daquele pau que me enlouquece. E eu obedeci, lambi tudinho. Quase conseguia ouvir a voz dele dizendo 'lambe tudinho, deixa ele bem molhadinho'. Depois disso eu só senti ele colocando a cabeça do pau devagarinho. Daí eu pude sentir cada pedacinho dele, cada parte penetrando minha carne, invadindo meu sexo, numa urgencia absurda de gozar. Mas eu nao queria que ele gozasse antes de mim, então fiquei me travando, pensando em outras coisas, até que foi impossivel segurar. Veio como uma avalanche inundando meus sentidos, tremendo minhas pernas, meus braços, meu corpo. Eu nao tinha nenhum controle sobre mim. Na verdade, naquele momento, ninguém tinha controle de mim. Meu corpo era livre, vibrante, quase um gerador de energia de tanto que eu tremia.

E é assim que eu fico quando você está por perto. Molhada, tremendo, em êxtase. Alucinada, enlouquecida, fora de controle. Agora, quando escrevo, posso sentir meu centro umido, saudoso de você, dos seus dedos, da sua lingua, do seu corpo. Mas isso tudo eu resolvo com mais uma taça de vinho, enquanto guardo minhas energias pra você. Afinal, tenho que manter o Japão intacto, pelo menos por enquanto. (Piada interna que será explicada em post seguinte!)
Marcadores: 0 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Preciso.
Me fode, arranca meu folego, despe minha alma, me faz sua. Me chupa, me lambe, me fode. Sente minha pele pegando fogo de tesão por você e funde seu corpo no meu. Me ama, me bate, sente meu coração bater mais forte e minha respiração enlouquecer...



Me faz gozar do jeito que você conhece e adora.
Marcadores: 1 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Sexo
Eu gosto muito de fazer sexo com você. Mas eu preciso me certificar de que eu continue SÓ fazendo sexo com você.
Marcadores: 1 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Se tem pele...
E dai que tinha uma semana que estavamos saindo? Quando se tem pele, uma semana pode ser tempo demais para segurar o tesão.

Acabei sendo convidada para ir à casa dele e aceitei. Fui assim, meio ressabiada, já sabendo que fatalmente íamos para a cama, mas não sabendo exatamente identificar se seria bom ou não. Ele abriu o portão, eu subi.

Entrei meio sem graça, ele mais ainda e fomos pro quarto. Sentados na cama, conversando, ele me puxa pra perto e me segura com vontade, pela cintura, do jeito que sabe que me deixa louca. Foi beijando meu pescoço, descendo até o limite do meu vestido tomara-que-caia, passando a mão na minha coxa, até que eu senti um lado do meu vestido abaixar. E o encontro da boca dele com o bico do meu seio eriçado foi magnifico, sentindo meu sexo arder e umedecer...

Dai pra frente foi tudo muito rápido. O meu vestido sumindo, a minha calcinha saindo e a próxima coisa que eu me lembro foi de estar deitada com as pernas abertas e ele acariciando minhas pernas, descendo até meu sexo, arrancando gemidos, grunhidos. Passeando com a lingua em meu corpo, enfiando um dedo devagar, aumentando o ritmo, quase me fazendo gozar.

 E foi subindo beijando meu ventre, sugando meus seios, beijando minha boca. Deitou-se ao meu lado e foi a minha vez de dar prazer a ele. Lambi a cabeça com a pontinha da lingua e ele gemeu. Ahh, como eu adorava o som do seu gemido. Saber que ele estava indefeso, completamente entregue em minha boca, dando-me aquela porrinha que eu adoro, gosto peculiar de cada homem.

Pedi a camisinha e ele me deu. Abri e segurei seu sexo duro, firme, teso e segurando a pontinha fui desenrolando até o fim. E depois sentei devagar sobre ele, que urrou, e rebolei, depois mais rápido e fui sentando, quicando. Meu joelho reclamou e ele me deitou, abriu minha pernas com cuidado e metendo fundo. Eu gemi, alto, forte e puxei o travesseiro para colocar na boca e abafar o som dos vizinhos. E não precisou muito mais do que isso pra eu prender as pernas com força nas costas dele e gemer com força, morder os lábios e abrir um sorriso enorme, tremendo as pernas, vibrando o corpo.

Não havia tempo para parar. Ele pediu que eu ficasse de quatro para ele e eu, como menina obediente que gosta de satisfazer os desejos do macho, fiquei. Ele foi colocando devagar enquanto segurava pela minha cintura, beijava minhas costas, segurava com carinho meus cabelos. E me arrancava gemidos, sussurros, dava tapas na minha bunda... E de carinhoso e devagar a rapido e com força ele queria gozar... e gozou. Gozou com força, com vida, gemendo, urrando, sem conseguir se mover. 

Segundos depois eu lambia a cabeça de seu pau devagar vendo seu corpo se contorcer com a sensibilidade. O dia quase clareava e nossos corpos ainda estavam colados. E daí? Ainda tinha muita coisa pra acontecer.
Marcadores: 6 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Tem dias...
Tem dias em que eu não consigo gozar. E não há mágica que reverta isso.

Inferno!
Marcadores: 3 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Changes...
Eu já fui melhor no sexo. Já fiz com mais vontade, já perdi mais a linha, já fiz perderem a linha com mais facilidade. Houve um tempo em que eu fui fatal. Em que eu tive o controle sobre o sexo e fazer um homem gozar era muito facil.

Mas aí esse tempo passou e eu hoje vejo sexo com outros olhos. Talvez seja só uma fase ou eu realente tenha perdido metade das minhas skills pro negocio. Não houve até hoje quem reclamasse, mas a maior insatisfação e comigo mesma.


Porém, independente de qualquer coisa, você tem razão. Fazer com quem a gente gosta tem um outro significado.
Rumors has it...
Amanha é dia. Eu prometo que sento aqui e nao levanto mais até contar tuuuudo que aconteceu desde a minha ultima postagem. E olha que tem é coisa pra falar...


Dizem por ai que um mago poderoso surgiu na Middle Earth... será verdade?


Beijoselambiidas, Fux!
Marcadores: 1 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou?