Sumiço!
Gente, por problemas tecnicos eu devo ficar um tempinho sem postar. Assim que der, eu volto! Beijos
Marcadores: 0 Comentários | | edit post
O que você achou? 
Eu queria!
Eu hoje só queria te sentir na minha boca e me fazer gozar assim. Passar a lingua na cabeça do teu pau e te engolir todo, colocar tudo na boca, até o fim e te apertar devagar com a garganta, segurando a base da tua pica com a mão, firme, passando a lingua em volta... enquanto os outros passam e olham pela janela, cheios de inveja. Foda-se se alguém ia ver, mas a minha vontade ia estar saciada, meu desejo seria resolvido.



E sentir meu sexo pulsando, os bicos dos meus seios duros pela vontade de você, meu corpo mole pelo efeito do vinho pra você fazer o quisesse... E gozar, só te dando prazer, sentindo você inundando o céu da minha boca.



Foto deliciosamente roubada do My Seduction - Your desire!
Marcadores: 4 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Enfim *Continuação 1*
E apertava minha bunda e minhas coxas com vontade, como sempre faz enquanto está dirigindo. Minava minhas forças pela boceta, melada, pulsante, ardendo de desejo de tê-lo dentro de mim. Quanto mais me lambia, maior era o desespero. Eu não conseguiria gozar daquela forma. Precisava de mais força, mais intensidade, mais desejo.Abria mais as minhas pernas, passava a lingua desde de o comecinho do cu e subia, carregando em sua lingua o fruto do meu desejo.

Até que se equilibrou sobre mim, beijou-me a boca e deixou-se escorregar para dentro do meu corpo. Enquanto penetrava devagar, beijava minha boca, puxava de leve minha cintura para mais perto de si. Foi metendo devagar, gradualmente, aumentando a força, a intensidade, a velocidade. Logo eu já gemia, por vezes colocando a mão na boca para gritar e ele dizia baixinho no meu ouvido 'aqui pode', por outras vezes em que eu quis gemer e a presença de pessoas ao redor impedia. Segurava meus seios enquanto estocava, eu pedia mais e ele me dava mais. Passou as mãos nos meus braços abertos e abandonados na cama e me deu as mãos, beijando-me a boca, rebolando, metendo-se em mim, esfregando seu corpo no meu. Gozei forte, segurando seu corpo entre minhas pernas, respirando descoordenadamente, tremendo, gemendo. 

Ele continuou, sem parar de me alucinar, mordendo meus seios enquanto metia com vontade, apoós tanta vontade acumulada. Gemi em seu ouvido e pedi que gozasse comigo. Eu ja me segurava pra não gozar de novo enquanto ele estocava forte, cada vez com mais jeito e vontade. Até que nao se aguentou e gozou, com segundos de diferença de mim. Pela primeira gozavamos separados. 

Fui tomar um banho pra relaxar e logo depois ele veio atrás. Conversavamos no banho, beijos, a água fluia por nós dois, pelos nossos corpos molhados, juntos. Eu abaixei devagar e coloquei a cabeça do pau dele na boca, que fechou os olhos e viajou. Fui sentindo seu pau endurecer na minha boca. Uma das melhores sensações que existem. Voltamos pra cama. Ele deitou e eu fui para a janela fumar um cigarro. Ficamos assistindo Simpsons juntos e rindo, porque entre a gente é tudo assim tão simples e prazeroso, mesmo não seja nada. 

Logo a vontade já estava presente e eu ja estava com ele na boca de novo, enquanto dizia que minha boca era deliciosa e eu passava a lingua na cabecinha, lambia toda aquela pica tesa, latejante, enfiava tudo na boca, dava prazer a ele. E quando eu sentei sobre ele, sentindo-o invadir meu corpo, um arrepio na espinhaatravessou meu corpo...



Marcadores: 3 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Enfim...
Sentada no bar eu estava, aguardando a chegada dele. Ia para o meu segundo chopp quando chegou. Calça bege, blusa verde, banho tomado, cheiroso. Delícia. 

Vamos? Claro! Chegamos, banho. É, eu sempre tomo banho quando chego a motel, independente de ter saído de casa ou não. Principalmente para relaxar, por ser a nossa primeira vez em um lugar adequado, silencioso, sem ninguém por perto. 

Saí do banho ele estava deitado na cama, olhando para o teto, sem camisa, de calça, ainda. Achei isso fofo. Parecia estar me aguardando para despi-lo. Deitei sobre ele, beijou-me a boca. Os bicos dos meus seios já estavam tesos pelo frio, pelo medo e pelo tesão. Ficamos nos beijando por um tempo até que fui descendo pelo seu corpo até chegar em sua calça. Abri um botão, ele abriu o resto. Tirou só a calça, deixou a cueca box preta. Ahh, como eu adoro cueca box. Fui mordendo seu pau devagar, por cima da cueca, puxei a cabeça pra fora, lambi e tirei aquele pano que me impedia de chegar ao meu objeto de desejo.

Lambi, chupei, coloquei a 'porrinha' na ponta da lingua e senti o gosto dele. Gemi. Desejei tê-lo dentro de mim com toda força. Mas ele não queria ainda. Não, ele queria me torturar. Deitou-me na cama e beijou-me os lábios. Desceu, chupou meus seios demoradamente, beijou minha cintura. Ahhhh, desespero. Mordeu, lambeu, desceu mais. Beijou a ponta da minha fenda, abriu-me devagar, lambeu meu segredo. Ficou assim por um bom tempo. Lambia e chupava enquanto enfiava um dedo devagar. Mordia minha coxa, segurava minha cintura, apertava minha bunda...


Deliciem-se. O resto amanha eu conto!
Marcadores: 0 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Com Vontade!!
Desta vez nao interessa como chegamos lá ou o que fizemos antes. O importante é que ele me colocava em cima da pia do motel e fodia com vontade, segurando meus seios, beijando minha boca, urrando de tesão enquanto eu gemia desesperada, quase gozando. Faltava pouco para os dois e acabamos gozando juntos. Corpos suados, hora do banho.

A agua caía morna entre nós dois e eu abaixava com o sabonete a mão ensaboando seu corpo. Lambia a cabeça de seu pau devagar, colocando na boca, lambendo as bolas enquanto as pernas dele tremiam e ele puxava meu cabelo. Logo ele já queria mais e eu adorava isso. Essa insaciedade do meu corpo, da minha vontade, do meu prazer.

Voltamos para a cama enrolados entre beijos e brincadeiras. Jogou-me na cama, abriu bem as minhas pernas e foi lambendo a parte interna das minhas coxas, mordendo, me deixando arrepiada até que chegou na minha boceta molhada e passou a lingua de uma só vez e enfiando um dedo devagar. Meu corpo estremeceu. Ele chupou e enfiou a lingua com mais força, roçando a boca no meu sexo, me fazendo viajar.


Sem que eu percebesse ele se jogou sobre mim e enfiou o pau com vontade, de uma só fez, me fazendo voltar à realidade e aproveitar a nova sensação. Num ritmo delicioso eu gozava pela quarta vez na noite. Com força, quase rápido, mas o melhor, com a plena certeza da vontade dele de mim. E não demorou muito, após ouvir meus gemidos, ele gozou também. E adormecemos exaustos e satisfeitos.
Marcadores: 7 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Hoje
Se tudo der certo, hoje vai dar merda!


*Update: Claro que deu merda. Sempre dá! hahahaha MAs depois eu conto que agora eu preciso dormir. 


Beijoselambidas, Flux!
Assim...
Mas alem disso, eu quero você assim, para terminar o que você tentou começar e eu não deixei.

Roubei da Nega também! Ô mulherão! Beijos, neguinha!
Marcadores: 2 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Desejo
Domingo: meu time perdeu, o seu ganhou. E daí? A pouca comemoração valeu a pena. Cheguei em casa tomei um banha frio pra aplacar a vontade de você. Do gosto da sua boca, do cheiro da sua pele, do toque da nossa pele uma na outra. Da vontade de gemer e gritar pra você ouvir.De dançar pra você, de ouvir você falar, hummmm, caralho, pretinha.

E após o banho minha cama foi o lugar pefeito pra amenizar essa vontade. De pernas bem abertas, respiração ofegante e bicos endurecidos, eu enfiava um dedo bem fundo, devagar, desejando que fosse seu pau a me comer, me foder, me enlouquecer.

Eu quero. Isso é um fato.

*Foto carinhosamente afanada do Desejos Insanos, lugar delicioso da Nega maravilhosa.
Marcadores: 2 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou? 
Temporada de caça
Está aberta a temporada do SEXO! Quem vem?
Marcadores: 1 Comentários | Links para esta postagem | edit post
O que você achou?