Sexo Oral - Ejaculação Precoce
Primeiro queria pedir desculpa pelo sumiço, mas estava em João Pessoa desde sábado passado. E depois dizer que eu vou ser simples e objetiva porque senão vou acabar escorregando no papo e vai dar ruim pra mim...

Bom, recebi um e-mail de um leitor que não vou identificar dizendo que tem problema com ejaculação precoce, perguntando o que eu acho sobre isso, se já passei por isso e o que ele poderia fazer pra resolver essa situação.

Vamos por partes:
1 - O que eu acho disso? Sei lá. Acho que esse tipo de problema é mais ou menos como a discussão do aborto. A favor de verdade ninguém é. Ninguém quer o aborto incontrolado, como método contraceptivo, mas salvo conduta, cada um deve ter consciencia de seu problema e de seus atos e tentar lidar com isso, tendo a escolha de levá-lo adiante ou não.

Se o cara esta vendo que o problema é grave e não procura um médico, psicologo, sexólogo, pai-de-santo, pastor, seja lá o que for, tá pedindo pra não comer ninguém, né? A gente entende que deve ser dificil assumir um problema desse, mas ai você tem que pesar o que vale mais: continuar com o problema por conta da vergonha ou ter uma vida sexual saudável e garantir isso a sua parceira?

2 - Sim, eu já passei por essa situação e foi péssimo. E também já passei por essa situação e foi ótimo. Tudo depende da intimidade que você tem com a pessoa que esta do outro lado e qual vai ser sua reação quando você gozar. Como assim?

A primeira vez em que passei por essa situação o maluco cabaçou e não soube lidar com o problema dele. Se é uma coisa de uma vez, a gente entende. Aconteceu, da próxima não vai acontecer mais e bola pra frente. Agora quando o cara sabe que tem o problema e não faz nada pra dar prazer ao outro lado, é foda. É horrivel começar uma coisa e estar no meio, cheia de tesão e cortarem nossa onda. Da mesma forma que vocês não gostam de mulher que atiça e corre, a gente também não gosta de homem que fica com o caralho na mão sem ter o que fazer.  Da outra vez foi melhor porque não era um problema constante. Era uma coisa que acontecia quando o cara estava com muito tesão, então, ele gozava rápido, mas pouco tempo depois já estava pronto pra outra e nesse meio tempo não me dava descanso.

3 - O que você pode fazer pra resolver isso? Primeiro procurar a ajuda de um profissional. Um médico? Sim, um médico. Homens também devem ir ao médico frequentemente como as mulheres. Se não tem problema já devem ir, se apresentam alguma alteração então, vá correndo. O médico ou a médica vai te examinar e definir se você tem algum problema físiológico ou se é só ansiedade mesmo. Caso seja ansiedade, pode encaminhá-lo a um psicologo ou te ensinar alguns exercícios para melhorar seu problema.


Agora, alguns truques para aliviar sua tensão:


Técnica de distração
Durante o ato sexual, o homem é orientado a fixar o pensamento em alguma situação que o desligue de sexo, como em morte de alguém, ou em alguma mulher que não o agrada ou em contas bancárias. Assim que perceba que a ereção está se desfazendo, volta a se fixar na parceira. Deve usar essa distração, algumas vezes, para poder prolongar o tempo de penetração antes da ejaculação.
Técnica de compressão
O homem deve comprimir a base da glande (cabeça do pênis) por 4 a 5 segundos imediatamente após a primeira sensação de maior excitação. Com esse procedimento vai dificultar a entrada de sangue no pênis e retardar um pouco a ejaculação.
Técnica stop-start
Consiste em orientar o homem a ficar na posição superior à parceira para poder ter controle do movimento sexual. Deve iniciar a penetração e parar completamente os movimentos próximo ao momento de maior excitação. Pode usar a técnica de distração concomitantemente.


Então, nego, é isso! Nada de pânico, em primeiro lugar. Muitos homens têm esse problema. A questão é como lidam com isso. Não adianta gozar e virar pro lado e dormir ou ir tomar banho e deixar a companheira ou o companheiro lá chupando dedo porque ela/e vai ter odiar eternamente e nunca mais vai querer dar pra você. Gozar rápido, tudo bem, até você se resolver, mas já que gozou e não tem mais jeito, que tal usar o tempo disponivel até a sua proxima investida para deixar o parceiro ou a parceira gozando por várias vezes. Use lingua, dedo, mãos, boca, até enfia o pé se você quiser e achar que isso vai ser bom. Mas demonstre interesse em saber que o seu prazer veio rápido, mas que o de quem esta do outro lado não precisa ser rápido, mas precisa existir. Um segredo: enquanto você tiver dedos, lingua e boca, você pode gozar em dois segundos que mulher nenhuma vai te achar tão problemático assim!


Bom, espero que eu tenha ajudado! Desculpe a forma rispida de falar, mas não estou muito bem hoje, além de estar mega gripada!

Beijoselambiidas, Flux!


Marcadores: | edit post
O que você achou? 
2 Responses
  1. Paulo Hunter Says:

    Ótimo post Flux. É isso aí, continue postando sempr q puder, admiro muito seu blog, a maneira como escreve. Beijão

    visitem

    suaprima.blogspot.com.br


  2. Anônimo Says:

    Curioso. Eu raramente consigo gozar no sexo oral... Não acho que seja falha das parceiras - visto que acontece com todas - mas uma certa ambição que tenho em prolongar o prazer, em aproveitar mais da pessoa...
    Espero que isso seja bom, oh jovem Flux. rs

    Beijos,
    Drake