Ele tem...
Ele tem aqueles olhos pequenos que eu amo. As mãos firmes que me tocam e me arrepiam. As coxas firmes, malhadas. Tatuagens pelo corpo que eu adoraria passear horas com a língua. Aquela boca carnuda que eu beijei e mordi que carrega aquele sorriso de luz. Aquela bunda. Ahh, aquela bunda. E tem aquelas entradinhas. Aquelas entradinhas de quem malha que levam ao caminho da perdição. E tem aquele pau. Aquele pau delicioso, cheiroso, que parece feito exatamente para caber certinho na minha boca e dentro de mim. Aquele pau que eu sentei e rebolei. Que me fez gozar. Aquele pau que eu morro de saudade, aquela boca que me encheu de beijos, aquelas mãos que me deram tanto carinho, aquele corpo quente que me acomodou tão perfeitamente que pareceu ser o meu lugar.

Tem a inteligência e a simpatia. A vontade de viver e explorar. O amor que tem pra dar. O passado, o futuro. Os pensamentos loucos e a mente em eterno desvario. A promessa de um amor calado, baixinho, ou de um tesão desesperado, do corpo que clama pelo outro. O desejo da vida a dois, da família. Do simples almoço de domingo com todos os tias e tios falando besteira bebendo cerveja. Do afilhado lindo de coxas grossas e bochechas redondas. Do passeio pela ilha, do amor de fim de tarde, do acordar e achar que ainda está sonhando.

Ele tem tudo que é preciso para me fazer feliz. Ele tem a mim.

 "Mas onde já se ouviu falar um amor à distância?
  Num teleamor ?!          
 Num amor de longe…         
Eu sonho é um amor pertinho…         
E depois        
 Esse calor humano é uma coisa que todos - até os executivos têm          
É algo que acaba se perdendo no ar          
No vento          
No frio que agora faz…          
Escuta!          
O que eu quero         
O que eu amo         
O que eu desejo em ti          
È teu calor animal… "
Mario Quintana
Marcadores: | edit post
O que você achou? 
1 Response
  1. Eros Says:

    Belíssima declaração de reverência amorosa.

    Beijinho. Bom fim-de-semana