Onanismo -Palavra usada como sinônimo de masturbação. Mas isso é tido pelos estudiosos como uma confusão histórica: no Gênese, capítulo 38, Onã (de onde veio a palavra onanismo) é obrigado a manter relações sexuais com a cunhada após a morte de seu irmão, tudo para gerar um descendente. Mas ele preferiu ejacular fora da vagina da cunhada. Portanto, onanismo é distinto de masturbação, mas a confusão em usar a palavra como sinônimo se estabeleceu pelo fato de ambas as práticas levarem à perda do sêmen (tanto no caso de Onã quanto na masturbação o sêmen ejaculado seriam "desprezados").

Tá!
Isso só serve pra ilustrar a situação.
Conheci Veronica numa comunidade de um site de relacionamentos em que participávamos.
Era um tanto despachada,mas com "finesse".
Papo vai,papo vem, as trocas de msn's (uma constante).
Um sábado inteiro nos "conhecendo",o que gosto,o que não, eu faço isso, você aquilo...
Telefones trocados nessa brincadeira toda e uma certeza:
Rolava uma puta química de ir pra cama com essa senhorita, quase advogada,contadora de um escritório no centro da cidade.
Depois de alguns dias de intensa instigação de ambas as partes,cheguei em casa lá pelas seis e meia da tarde....
Sozinho,tudo apagado...
A idéia de me masturbar falando com Veronica ao telefone me passou como um raio pela cabeça naquele momento.
Liguei e ,para minha surpresa, Veronica ainda estava no escritório, ajeitando documentos...
"oi,senti saudades e quis te ligar..."
"Ainda tô no trabalho, acredita?"
"humm...é que eu to em casa sozinho..."
"Ah é?? e o que tá fazendo?"
"Tô com a mão no meu pau agora...tocando uma punhetinha beeeeem gostosa "
Veronica ficou calada,e eu,pensando: "FIZ MERDA"
"O que que foi, Veronica?"
"Nada,você me pegou de surpresa"
"Desculpa,vou parar de fazer isso..."
"Naaaaaaão...continua...eu quero te ouvir"
"Mas não tem graça eu só fazer..."
"Seu puto! e quem disse que só você que tã fazendo?tô na pontinha dos pés,a saia tá no umbigo...a calcinha pro lado...e to acariciando meu grelinho...queria você aqui agora...pra me comer em cima da mesa"
Pau já latejando, quase explodindo,continuei naquele rito erótico,naquela conversa pervertida,aquele diálogo sensual que ia me deixando cada vez mais perto da "pequena morte" francesa...
Veronica gozou ,gemendo como uma putinha ,me chamando pelo nome...
Eu tentei segurar ,mas, ao escutar Veronica gozar uma segunda vez, não teve jeito:
A porra veio quentinha,caindo na privada,me fazendo perder temporariamente as forças nas pernas.
Belissima gozada.
Belissima escutada.
Veronica.
Marcadores: | edit post
O que você achou?