Sexo Oral - A 'malvada' camisinha



Eu sempre escrevo sobre o lado bom do sexo, mas nunca deixo de pensar nas conseqüências. Tenho visto tantas campanhas da incansável luta contra a AIDS e resolvi me meter um pouquinho a besta também para falar disso.

Antes de qualquer coisa, colocarei em pauta uma coisa que muitos acham incômoda, desnecessária, mas que na verdade, creio que seja a maior e melhor invenção dos últimos tempos. A tão famosa, mas as vezes deixada de lado, camisinha.

Muitos dizem que ela faz perder o tesão, faz perder um pouco a sensibilidade, perde o melhor do sexo, que é o pele a pele, o calor e inúmeras outras coisas, mas a mais pura verdade é que usar a camisinha é necessário além de ser um puta adianto na vida. As vezes, em minhas viagens mentais eu fico tentando imaginar como era antigamente, mas beeeem antigamente mesmo, lá para as bandas de 1700, quando as pessoas mantinham relações com pessoas em péssimas condições de higiene, correndo risco de fazer um filho em cada esquina e contrair um numero absurdo de doenças. Não dá para imaginar hoje em dia as pessoas correndo esse tipo de risco com a quantidade de informação que temos. E não me venha com essa de que muita gente não tem acesso a informação ou outras balelas do gênero, poruqe ensinar a foder ninguém precisa, né? Seja no outdoor do ônibus, seja na televisão ou em qualquer outro lugar, sempre tem um aviso sobre a importância do uso do preservativo e as pessoas simplesmente continuam ignorando isso. Seja por vontade própria, irresponsabilidade ou qualquer outro motivo que eu não consigo entender,

Eu sei que tem gente que não gosta, mas de uma forma ou de outra, tem que usar. Tem que usar porque ninguém quer filhos indesejados ou doenças no meio do caminho. Sexo é bom, mas tem que ser com respeito e responsabilidade. Nem precisa ser com amor, basta ser com tesão, com vontade, puxadas de cabelo para quem gosta e olhos nos olhos para quem não gosta. A moça ou o moço (vai da opção sexual de cada um) pode ajudar a colocar. Não precisa deixar tudo por conta do outro. Pode colocar com a mão, com a boca, com os pés... tudo depende da criatividade de cada um.

Outra coisa sobre a qual eu queria falar rapidinho também é sobre as campanhas contra o preconceito que o Ministério da Saúde vem fazendo. De ótimo bom gosto. Além de serem extremamente visuais, são de fácil entendimento para a população que não sabe muito sobre o assunto e não ficou nada grosseiro, como geralmente são as campanhas promovidas pelo governo.

Então é isso, galera. Minhas estréia com esse postinho tranqüilo lá no ALEATORIUM e espero que gostem. Toda semana vai ter um desses para quem curte e para quem não curte também. Desculpem pela seriedade do post e do assunto, mas foi um pedido do Anselmo, dono do Aleatorium. Prometo que no próximo eu pego mais pesado.

Beijosemordidas, Flux*


Ah, e se você não sabe colocar o preservativo ou acha que sabe demais, cliquei AQUI e aprenda ou confira. 

2 comentários:

Anselmo disse...

Pegou leve pq não está querendo arriscar o emprego (bico) né?

mesmo assim escreveu lindamente, adorei

peguei mais linkzinhos daqui mas com destaque exagerado para ESTE ;)

Bjao

Anselmo disse...

tá lááááááááááá´´a´´aááá´´aá´´a!!!!


=D

Imagens de tema por sebastian-julian. Tecnologia do Blogger.