Um dia frio...
Haviam marcado de se encontrar assim que ela estivesse livre da aula e ele passaria para buscá-la. Coincidentemente se esbarraram na porta, ele entrando, ela saindo. Ele estava lindo. Blusa listrada de manga comprida, bermuda branca, tênis e óculos. Ela achava que ele ficava lindo de óculos. Dava um tom sério que fazia com que ela pudesse ficar analisando por horas cada pensamento que cruzava a mente dele. Ela, de vestido branco, bolero rosa e havaianas branca. 

O tempo estava ligeiramente frio. Chovia e parava, ventava um pouco. Foram passear em um mirante da cidade.
Conversaram, viram a vista, trocaram carinho, riram e decidiram ir para um lugar mais reservado. Durante o caminho ele parecia tenso. Os olhos no volante como se pudesse surgir qualquer coisa na frente do carro. Ligeiramente desconfortável, mas curioso pelo que estava por vir. Chegaram, estacionaram o carro e subiram. Ele a abraçou e beijou com carinho e logo depois ela tirou a roupa na frente dele, de costas para que ele visse sua tatuagem. Ele a segurou por trás e beijou suas costas, acariciando seus seios e apertando sua cintura. Ela foi para o banho enquanto ele realizava seu ritual de tirar a roupa, ajeitar a cama e ligar o som. Logo ele apareceu no banheiro com uma cueca box preta. Ah, se ele soubesse que ela ama cueca box. Parou e ficou analisando-a já com o pau duro sob a roupa íntima. Um convite, que foi aceito e ele entra sob a água com ela. 

A água escorria entre os dois que se beijavam e se tocavam explorando os desejos um do outro. Mas ela teve que falar. Seria demais ficar quieta com tudo aquilo na frente dela. Primeiro que o pau dele era enorme. Segundo que além de ser enorme, era lindo. E ela falou. Ele riu com o elogio inesperado, ficou vermelho enquanto ela abaixava e dava um beijo na cabeça molhada da água do banho. Ele a pegou no colo, beijando sua boca e ela desceu, roçando seu corpo no dele, beijando sua boca como se sua vida dependesse disso. Ele pegou a toalha e a cobriu. Mas aí a noite estava só começando...
Marcadores: | edit post
O que você achou?